Pesquise no Blog

Pesquisa personalizada

25 de mar de 2009

* diferenças entre psiquiatria, psicoterapia e psicanálise

Jorge Forbes - diferenças entre psiquiatria, psicoterapia e psicanálise





Jorge Forbes fala neste bloco do programa "Por Dentro da Mídia", gravado em 18/04/2008, sobre a ação da psicanálise e as diferenças entre a psiquiatria, psicologia e psicanálise.

* O adolescente cinquentão (video)

Jorge Forbes - Café Filosófico: O adolescente cinquentão




Jorge Forbes fala sobre "O Novo Adolescente - o homem de 50 anos" no Programa Café Filosófico com o tema "Prolongamento da Vida", transmitido pela TV Cultura em 01/06/2008.

* José Saramago fala sobre o Comunismo



O livro "A Viagem do Elefante" "queria ser escrito de uma certa maneira, aquela", afirmou o escritor português José Saramago, 86, explicando a maneira como criou sua mais recente obra na tarde dest...
O livro "A Viagem do Elefante" "queria ser escrito de uma certa maneira, aquela", afirmou o escritor português José Saramago, 86, explicando a maneira como criou sua mais recente obra na tarde desta sexta-feira, dia 28, durante sabatina promovida pelo jornal "Folha de S. Paulo", no teatro Folha, em São Paulo.

Único escritor de língua portuguesa a receber um prêmio Nobel de literatura, Saramago é autor de "Ensaio Sobre a Cegueira" (1995) - em que se baseia o filme homônimo dirigido por Fernando Meirelles -, "Memorial do Convento" (1982), "O Evangelho Segundo Jesus Cristo" (1991), entre outros.

O escritor foi questionado pelos jornalistas Vaguinaldo Marinheiro, secretário de redação da "Folha de S. Paulo", Sylvia Colombo, repórter do caderno Ilustrada, e pelos colunistas da "Folha" Manuel da Costa Pinto e Luiz Costa Lima não apenas sobre sua obra, mas também sobre política, economia e sobre seu posicionamento diante da reforma ortográfica que os países falantes do português colocam oficialmente em vigor a partir do ano que vem.

Crítico ferrenho do capitalismo, Saramago teve a oportunidade de reiterar a sua militância comunista tomando por exemplo a atual crise financeira. "Chega-se à conclusão de que Marx nunca teve tanta razão quanto agora. Ao contrário do que tenham dito tantas vezes, o homem não morreu, veja a importância que estão a dar a esta espécie de ressurreição dos escritos de Marx. Aqueles que crêem que ele tem razão nem sequer se sentem reconfortados, pois se o que confirma as teorias e idéias do Marx é o desastre a que chegamos, valia mais que não tivéssemos chegado", concluiu..

Compartilhe Este Blog:

Posts do blog Lei da Atração